Sobre/contato

A Vai & Vem Produções Culturais e Cinematográficas foi fundada em 2009 pelas produtoras  Cecília Lara e Liciane Mamede.

Fazemos curadoria, gestão e produção cultural e audiovisual na cidade de São Paulo.

Cecília Lara é  formada em Comunicação Social pela Unesp, com mestrado em Literatura pela PUC-SP e especialização em docência pelo Senac. Estudou roteiro na EICTV, em Cuba, e Letras na USP. Desde 2005 trabalha com produção e gestão de projetos e eventos na área cultural e produção audiovisual. Pela Vai e Vem, fez a produção executiva de mais de 20 mostras audiovisuais nacionais e internacionais em instituições de grande porte como Centro Cultural Banco do Brasil, Caixa Cultural, Centro Cultural São Paulo, Instituto Moreira Salles, entre outros. Foi produtora do Festival É Tudo Verdade, do Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo e do Videobrasil. Em produção audiovisual, foi coordenadora de produção na PaleoTV, assistente de produção executiva na RT Features supervisora de processos de fomento na O2 Filmes. Também atuou como parecerista de projetos inscritos na Lei Rouanet e trabalhou na gestão de editais públicos no MinC – Ministério da Cultura e na Ancine – Agência Nacional do Cinema. Foi membro da comissão de seleção do edital público Nossa Onda, também do MinC. Durante 2 anos foi produtora e programadora da Cinemateca Brasileira. Fez a curadoria e produção executiva do projeto Ruas de Lazer, da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo. Atualmente é assistente de produção executiva na Formata Produções e Conteúdo, além de produtora executiva do Ateliê da Margem, espaço de arte no Grajaú.

Liciane Mamede é produtora cultural e doutoranda do programa de Comunicação e Multimeios da Unicamp, com uma tese sobre História e Preservação do cinema brasileiro. Possui graduação em Comunicação Social pela UNESP (2004), mestrados em Imagem e Som pela UFSCar (2014) e em Valorização do Patrimônio Cinematográfico pela Universidade Paris 8 (2017). Já trabalhou na área de produção cinematográfica, tendo feito a produção executiva dos curtas-metragens Tristesse Robot (Victor-Hugo Borges, 2009), O Menino Que Plantava Invernos (Victor-Hugo Borges, 2009) e Pontos de Vista (Fábio Yamaji, 2014). Foi collegium do festival Giornate del Cinema Muto (Itália, 2008 e 2009). Já curou e produziu diversas mostras de cinema, entre elas “O Sentimento (Feminino) do Mundo: O Cinema de Mia Hansen-Løve” (CCSP, 2017); “Nouvelle Vague Tcheca: o Outro Lado da Europa” (CCBB-SP, CCBBRio e sala PF Gastal, 2014); “Jonas Mekas”, (CCBB-SP, Cinusp e Sala PF Gastal, 2013); “Cinema Ritrovato on Tour” (CCSP, 2011 e 2016), entre outras.  Entre outros, trabalhou para o festival Toute la mémore du monde (produzido pela Cinemateca Francesa), Il Cinema Ritrovato (produzido pela Cinemateca de Bolonha) e Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, para a qual, desde 2012, faz seleção de filmes para o Panorama Internacional.

Curta nossa página no Facebook.

cecilialara1@gmail.com / liciane.mamede@gmail.com

%d blogueiros gostam disto: