O Cinema de Ermanno Olmi

 CAIXA CULTURAL RIO EXIBE FILMOGRAFIA DE ERMANNO OLMI

 Mostra traz panorama com 12 filmes do diretor italiano e debate sobre obra

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, de 20 de maio a 1º de junho, a mostra “O

Cinema de Ermanno Olmi”, que exibirá 12 produções do vetereno diretor italiano, incluindo os principais filmes de sua carreira: O Posto, A Árvore dos Tamancos (Palma de Ouro no Festival de Cannes, em 1978) e A Lenda do Santo Beberrão (Leão de Ouro no Festival de Veneza, em 1988). A programação da mostra inclui, ainda, um documentário feito por alunos da escola de cinema fundada pelo cineasta e um debate, no dia 24 (sábado), sobre sua cinegrafia diretamente influenciada pelo neorrealismo.

Entre as raridades que a mostra trará, está uma versão em película, restaurada pela Cinemateca de Bolonha, do primeiro longa-metragem do realizador, O Tempo Parou (Il tempo si è fermato, 1959). Este longa reúne algumas das características marcantes que acompanham a longa carreira de Ermanno: o trabalho com atores não profissionais; as locações no norte da Itália (onde Olmi nasceu e vive até hoje); o flerte com a linguagem documental ao retratar o cotidiano de seus personagens; e o interesse em filmar pessoas simples.

Também em cópias restauradas, serão exibidos O Posto (Il Posto, 1961), frequentemente citado como obra maior da filmografia italiana de todos os tempos e Os Escavadores (Il Recuperanti, 1969). Também figura como destaque na carreira do cineasta, A Árvore dos Tamancos (L’albero degli zuccoli, 1978).

Além dos títulos já mencionados, “O Cinema de Ermanno Olmi” exibirá os longas Cammina Cammina (1963), Os noivos (I fidanzati, 1963), A Circunstância (La Circostanza, 1974), O segredo do bosque velho (Il segreto del bosco vecchio, 1993), O mestre das armas (Il mestiere dele armi, 2001) e Terra Mãe (Terra madre, 2009). Este último, realizado em parceria com o movimento Slow Food, é um documentário sobre as edições de 2006 e 2008 do Fórum Internacional Terra Madre, evento bienal que reúne em Turim milhares de agricultores em vistas de promover uma cadeia alimentar mais sustentável.

O panorama da mostra também exibirá o documentário Osolemio (2004), desenvolvido por alunos do grupo ipotesICinema, escola de cinema criada por Olmi em 1982.

Debate

No dia 24 de maio (sábado), será realizado um debate com a presença de Hernani Heffner, conservador-chefe da Cinemateca do MAM, e de Luís Alberto Rocha Melo, cineasta e professor adjunto do Curso de Cinema e Audiovisual do Instituto de Artes e Design da UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora).

Programação (veja as sinopses dos filmes abaixo)

ATENÇÃO: Foi incluída na programação uma nova sessão do filme O Posto:

NOVA SESSÃO
terça-feira – dia 27/05
15h O Posto (Il Posto, 1961, P&B, 105’, 35mm, 16 anos)

20/05/2014 – terça-feira

17h – O Tempo parou (Il Tempo si è fermato, 1958, P&B, 90’, 35mm, 16 anos)

19h – O Posto (Il Posto, 1961, P&B, 105’, 35mm, 16 anos)

 21/05/2014 – quarta-feira

17h – Os Recuperadores (I Recuperanti, 1969, cor, 98’, 35mm, 16 anos)

19h – A Circunstância (La Circostanza, 1974, P&B, 92’, 35mm, 16 anos)

22/05/2014 – quinta-feira

17h – Terra mãe (Terra madre, 2009, cor, 79’, 35mm, 16 anos)

19h – O Mestre das armas (Il Mestiere delle armi, 2001, cor, 105’, 35mm, 16 anos)

23/05/2014 – sexta-feira

15h30– A Árvore dos tamancos (L’Albero degli zoccoli, 1978, cor, 176’, 35mm, 16 anos)

18h45  – La Cotta (1967, P&B, 49’, DVD, 16 anos) + Os noivos (I Fidanzati, 1962, P&B, 77’, 35mm, 16 anos)

24/05/2014 – sábado

14h30 – A Lenda do santo beberrão (La leggenda del santo bevitore, 1988, cor, 134’, 35mm, 16 anos)

17h – O Posto(Il posto, 1961, P&B, 105’, 35mm, 16 anos)

19h – Debate sobre a obra de Ermanno Olmi com os pesquisadores Hernani Heffner e Luiz Alberto Rocha Melo

25/05/2014 – domingo

13h30 – A Circunstância (La Circostanza, 1974, P&B, 92’, 35mm, 16 anos)

15h30 – Cammina cammina (1983, cor, 175’, 35mm, 16 anos)

18h45 – O Segredo do bosque velho (Il Segreto del bosco vecchio, 1993, cor, 134’, 35mm, 16 anos)

27/05/2014 – terça-feira

15h O Posto (Il Posto, 1961, P&B, 105’, 35mm, 16 anos)

17h – Terra mãe (Terra madre, 2009, cor, 79’, 35mm, 16 anos)

19h – Os Recuperadores (I Recuperanti, 1969, cor, 98’, 35mm, 16 anos)

28/05/2014 – quarta-feira

15h30 – A Árvore dos tamancos (L’Albero degli zoccoli, 1978, cor, 176’, 35mm, 16 anos)

18h45 – A Lenda do santo beberrão (La leggenda del santo bevitore, 1988, cor, 134’, 35mm, 16 anos)

29/05/2014 – quinta-feira

14h – Osolemio (2004, cor, 53’, DVD, 16 anos)

15h – O Segredo do bosque velho (Il Segreto del bosco vecchio, 1993, cor, 134’, 35mm, 16 anos)

30/05/2014 – sexta-feira

15h30 – Cammina cammina (1983, cor, 175’, 35mm, 16 anos)

18h45 – La Cotta (1967, P&B, 49’, DVD, 16 anos) + Os noivos (I Fidanzanti, 1962, P&B, 77’, 35mm, 16 anos)

31/05/2014 – sábado

14h –  Os Recuperadores (I Recuperanti, 1969, cor, 98’, 35mm, 16 anos)

16h – Cammina cammina (1983, cor, 175’, 35mm, 16 anos)

19h15 – O Tempo parou (Il Tempo si è fermato, 1958, P&B, 90’, 35mm, 16 anos)

01/06/2014 – domingo

14h –  O Mestre das armas (Il Mestiere delle armi, 2001, cor, 105’, 35mm, 16 anos)

16h – O Posto (Il Posto, 1961, P&B, 105’, 35mm, 16 anos)

18h – A Árvore dos tamancos (L’Albero degli zoccoli, 1978, cor,176’, 35mm)

Serviço:

Mostra O cinema de Ermanno Olmi

Data: de 20 de maio a 1º de junho de 2014 (terça-feira a domingo)

Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 1

Endereço:Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô: Estação Carioca)

Telefone: (21) 3980-3815

Horário: Consultar programação

Entrada:  R$4 (inteira) e R$2 (meia)

Lotação: Cinema 1 – 78 lugares (mais 3 para cadeirantes)

Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 10h às 20h

Classificação: 16 anos

Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal

Acesso para pessoas com deficiência

 

Assessoria de Imprensa da CAIXA Cultural Rio de Janeiro (RJ)

(21) 3980-3096 / 4097

www.caixa.gov.br/imprensa | @imprensaCAIXA

https://www.facebook.com/CaixaCulturalRioDeJaneiro

 

Atendimento à Imprensa:

ATTi Comunicação e Ideias

Eliz Ferreira e Valéria Blanco

(11) 3729-1455 / 3729-1456 / 9 9110-2442

O Tempo parou
(Il Tempo si è fermato | P&B | 100’ | Itália | 1959 | Formato de exibição: 35mm)
Uma barragem está sendo construída no topo do monte Adamello nos Alpes italianos. Com o inverno, todos os operários voltaram para a cidade, restando apenas dois guardiões. De início, Roberto, jovem estudante, e Natale, velho homem da montanha, não se dão bem, mas com o decorrer dos acontecimentos nasce uma amizade.

O Posto
(Il Posto | P&B | Ficção | 105’ | Itália | 1961 | Formato de exibição: 35mm)
Jovem de uma família operária de Meda, periferia de Milão, Domenico procura emprego com o irmão numa grande companhia milanesa. Na seleção para o posto, conhece Antonietta de quem se torna amigo. Ambos conseguem um cargo, mas a diferença de horários impede seu convívio.

Os Noivos
(I Fidanzati | P&B | Ficção | 81’ | Itália | 1963 | Formato de exibição: 35mm)
Originariamente de Milão, Giovanni aceita um novo emprego numa indústria na Sicília. Porém, ele está noivo de Liliana, cujo desejo é de se casar. O relacionamento entre os dois já dura alguns anos e a distância obrigará o casal a repensá-lo.

La Cotta
(P&B | 49’ | Ficção | 1967 | Itália | Formato de exibição: 35mm)
Jovem de origem operária, Andrea está iniciando sua vida amorosa. Entre os amigos tem fama de saber lidar com as garotas, até ele se apaixonar…

Os Recuperadores
(I Recuperanti | Cor | Ficção | 98’ | Itália | 1970 | Formato de exibição: 35mm)
Ex-prisioneiro de guerra, Gianni volta pra casa. Muita coisa mudou, e a falta de trabalho dificulta tudo. Após algumas tentativas frustradas, ele encontra Du, com quem começa a trabalhar na recuperação de restos de guerra. Mas não tarda a perceber as dificuldades deste novo ofício.

A Circunstância
(La Circostanza | Cor | Ficção | 92’ | Itália | 1974 | Formato de exibição: 35mm)
No seio de uma família rica, Laura passa tempo nas amenidades, enquanto o marido se vê obrigado a demitir funcionários da empresa. Já independentes, seus três filhos pouco lhes exigem. Um grave acidente de trânsito com um jovem, por ela testemunhado, muda sua vida.

A Árvore dos tamancos
(L’Albero degli zoccoli | Cor | Ficção | 175’ | Itália | 1978 | Formato de exibição: 35mm)
No fim do século XIX, quatro famílias de meeiros vivem numa fazenda ao sul de Bergamo. Sua vida é ritmada pelo trabalho, pela refeição, pela reza e pela missa aos domingos. Eles dividem alegrias e agruras, e resistem ao autoritário dono da fazenda. Um dos meninos quebra seu tamanco voltando da escola e seu pai corta uma árvore para lhe fazer outro. Porém, este gesto causará a expulsão de sua família.

Cammina cammina
(Cor | Ficção | 165’ | Itália | 1983 | Formato de exibição: 35mm)
Os habitantes do vilarejo de Versilia preparam a apresentação de uma peça sagrada: Situada na Palestina, ela conta a história de um grupo que segue uma estrela com o objetivo de encontrar o Messias.

A Lenda do santo beberrão
(La Leggenda del santo bevitore | Cor | Ficção | 134’ | Itália | 1988 | Formato de exibição: 35mm)
Adaptado do livro homônimo de Joseph Roth, o filme conta os percalços de Andreas, um alcóolatra que vive nas ruas de Paris. Após aceitar um empréstimo de um desconhecido, ele promete devolver o dinheiro à igreja que abriga a imagem de Santa Teresa de quem é devoto. Mas são muitos os obstáculos…

 O Segredo do bosque velho
(Il Segreto del bosco vecchio | Cor | Ficção | 134’ | Itália | 1993 | Formato de exibição: 35mm)
Um ex-coronel do exército herda a metade de uma propriedade onde se encontra uma floresta milenar. Pragmático e racional, ele só pensa em tornar o local rentável, ignorando completamente sua aura mágica.

O Mestre das armas
(Il Mestiere delle armi | Cor | 105’ | Ficção | 2001 | Itália, França, Alemanha | Formato de exibição: 35mm)
O filme conta a história de Giovanni de Médici, um dos últimos condottieri italianos. Personagem histórico do século XVI, ele veio de uma das mais tradicionais famílias do período, e é considerado uma verdadeira lenda pelos seus feitos de juventude.

 Osolemio
(Cor | 53’ | Documentário | 2004 | Itália | Formato de exibição: DVD) Direção: Grupo de alunos Ipotesi Cinema
Visões da Itália contemporânea segundo o olhar dos jovens realizadores do Ipotesi Cinema, projeto criado por Olmi em 1982 na cidade de Bassano del Grappa. Trata-se de uma escola de cinema pouco tradicional que reúne jovens interessados em “investigar a realidade”. Osolemio é o primeiro documentário desenvolvido por alunos do grupoem Bologna, para onde a escola se transferiu em 2002.

 Terra mãe
(Terra madre | Cor | 79’ | Documentário | 2009 | Itália | Formato de exibição: 35mm)
Documentário que aborda as edições de 2006 e 2008 do Fórum Internacional Terra Madre, evento bienal organizado pelo movimento Slow Food e que reúne milhares de pessoas em Turim.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s